SBICafé
Biblioteca do Café

Parceria e conta-própria nas culturas de café e milho no munícipio de Afonso Cláudio, Espírito Santo

Show simple item record

dc.contributor.advisor Silva, Josue Leitao e pt_BR
dc.contributor.author Ribon, Miguel pt_BR
dc.contributor.other Universidade Rural do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.date 2001-01-01 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:05:08Z
dc.date.available 2015-01-14T13:05:08Z
dc.date.issued 1966 pt_BR
dc.identifier.citation Ribon, Miguel. Parceria e conta-própria nas culturas de café e milho no município de Afonso Cláudio, Espírito Santo. Viçosa : UREMG, Impr. Univ., 1966. 52p. (Dissertação - mestrado em Economia Rural) Orientador: Josué Leitão e Silva. T 333.563 R486p 1966 pt_BR
dc.identifier.other 90417 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/69
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Rural do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.description.abstract O presente estudo teve como objetivo estudar a parceria agrícola e suas relaçoes com a exploraçao por conta-própria, nos Distritos de Piracema e Pontoes do município de Afonso Cláudio,Espírito Santo, Brasil. A amostra constituiu-se de 49 proprietários e os seus respectivos 55 parceiros. Os dados foran obtidos através de entrevista direta - Survey Method - durante o mês de julho de 1964. As análises são de natureza tabular ou descritiva, no que diz respeito ao parceiro e proprietário e tomada de decisoes por ambos, com respeito às medidas de eficiência, usaram-se relaçoes para as duas formas de exploraçao. Usou-se o teste de "t", quando necessário. As principais conclusoes foram: os parceiros sao uma classe de trabalhadores de baixo nível do instrução e educaçao; apesar de a família do parceiro ser numerosa, 39,7% representam sua. fôrça de trabalho, são ávidos por crédito e aquisiçao de terra; a principal oportunidade para empregar a. sua fôrça de trabalho foi a de ser parceiro; os proprietários adotam a parceria por ser menos dispendiosa e facilitar a administraçao; mais de 3/4 da produçao de café e de milho são de responsabilidade do parceiro; os parceiros nao sao menos eficientes do que os proprietários; as decisoes na administraçao do negócio agrícola sao predominantemente tomadas pelos parceiros. Como limitaçoes foram apontados fatôres psicológicos e o não uso de registros contábeis pelos agricultores. São sugeridos alguns tópicos para novas pesquisas, entre êles um estudo completo sobre tôdas a s atividades da emprêsa explorada em parceria. Aos órgãos incumbidos da assistência técnica e/ou creditícia e ao poder publico, sugeriu-se medidas com vistas a elevação de parceiro agrícola na escala sócio-econômico-agrícola. pt_BR
dc.description.sponsorship Universidade Rural do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Rural do Estado de Minas Gerais pt_BR
dc.subject Parceria agricola Espirito Santo ( Afonso Claudio ) Cafe Cultura Aspectos economicos Milho pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Economia e política agrícola pt_BR
dc.title Parceria e conta-própria nas culturas de café e milho no munícipio de Afonso Cláudio, Espírito Santo pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
90417f.pdf 4.766Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account