SBICafé
Biblioteca do Café

Respostas do crescimento, do amido e de macronutrientes ao potássio em genótipos de Coffea arabica L. com diferentes sensibilidades à seca de ponteiros

Show simple item record

dc.contributor.advisor Rena, Alemar Braga pt_BR
dc.contributor.author Ribeiro, Marcelo de Freitas pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2001-01-01 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:05:30Z
dc.date.available 2015-01-14T13:05:30Z
dc.date.issued 1993 pt_BR
dc.identifier.citation Ribeiro, Marcelo de Freitas. Respostas do crescimento, do amido e de macronutrientes ao potássio em genótipos de Coffea arabica L. com diferentes sensibilidades a seca de ponteiros. Viçosa : UFV, 1993. 50p. : il. (Dissertação - mestrado em Fitotecnia) Orientador: Alemar Braga Rena T 581.1335 R482r 1993 pt_BR
dc.identifier.other 101009 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/170
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Pretendeu-se estudar o efeito de níveis crescentes de potássio sobre o crescimento, os teores de amido e de macronutrientes em plantas de genótipos de café, com diferentes sensibilidades à seca de ponteiros. Para tanto, plantas do cultivar Catuaí (controle) e das progênies de Catimor 1359 (muito susceptível) e 2000 (pouco susceptível) foram cultivadas em solução nutritiva e, após 90 dias do início dos tratamentos, procedeu-se a coleta de amostras. Para todas as características avaliadas, à exceção dos teores de amido, não se observou uniformidade das respostas dentro do grupo Catimor em relação ao cultivar Catuaí. As diferenças, quando significativas, decorreram da superioridade relativa de uma das progênies, geralmente a 2000, que elevou a média do grupo Catimor. De maneira geral, os teores de amido nos ramos e nas raizes, ao contrário daqueles foliares, foram maiores no cultivar Catuaí. Dentre os genótipos, a progênie 1359 apresentou a menor razão entre o peso da materia seca foliar e o da raíz. Para todos os cafés, as produções de matéria seca e os teores de potássio, em todos os órgãos, e de amido, nas folhas e nos ramos, aumentaram, ao contrário dos teores de nitrogênio, fósforo, cálcio e magnésio, com o acréscimo da concentração do potássio na solução nutritiva. Contudo, a magnitude dos aumentos relacionou-se de forma inversa com a concentração do potássio no meio de crescimento. pt_BR
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Cafe Nutricao Mineral Depauperamento Macronutrientes Teor de amido pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Solos e nutrição do cafeeiro pt_BR
dc.title Respostas do crescimento, do amido e de macronutrientes ao potássio em genótipos de Coffea arabica L. com diferentes sensibilidades à seca de ponteiros pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
101009f.pdf 2.702Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account