SBICafé
Biblioteca do Café

Volume e granulometria do substrato na formação de mudas de café

Show simple item record

dc.contributor.advisor Favarin, José Laércio
dc.contributor.author Tavares Júnior, Júlio Eduardo
dc.date.accessioned 2016-03-16T14:00:33Z
dc.date.available 2016-03-16T14:00:33Z
dc.date.issued 2004-01
dc.identifier.citation TAVARES JÚNIOR, J. E. Volume e granulometria do substrato na formação de mudas de café. 2004. 59 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2004. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br:80/handle/123456789/5961
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência do volume e da granulometria do substrato comercial, utilizado na produção de mudas em tubetes, sobre o crescimento vegetativo das plantas de café, bem como o tempo de formação das mudas e a estabilidade ao manuseio do conjunto muda-substrato. O experimento foi conduzido no viveiro do Centro de Café do IAC, localizado na Fazenda Santa Elisa, Campinas, SP, utilizando a cultivar Catuaí Vermelho IAC 144 (Coffea arabica L.). Foram adotados nove tratamentos com quatro repetições, com delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial 3 x 3, formado pela combinação de três volumes de substrato (50, 120 e 200 cm 3 ) e três granulometrias proporcionadas pelas seguintes composições granulométricas: 100% de substrato comercial na granulometria original, 100% de substrato comercial finamente moído e pela mistura, em volume, de 50% de substrato na granulometria comercial com 50% de substrato moído. A influência das variáveis (volume e granulometria) do substrato no crescimento das mudas de café foi avaliada por meio das determinações dos parâmetros biométricos vegetativo da parte aérea e raízes como: número de pares de folhas, altura da planta, diâmetro do caule, matéria seca da parte aérea e das raízes, área foliar total, área foliar média, área do 1 o par de folhas, comprimento e superfície de raízes. Em complemento aos objetivos do trabalho foram, também, avaliados o tempo de formação das mudas e a estabilidade ao manuseio do conjunto muda-substrato. O crescimento das plantas depende do volume e da granulometria do substrato, sendo maior com a utilização de 200 cm 3 de substrato e a diminuição da granulometria pela mistura, em partes iguais, do substrato finamente moído com o substrato comercial na granulometria original. O tempo de formação das mudas correlacionou com o volume de substrato, demandando 134, 124 e 81 dias para a emissão do 4 o par de folhas, quando as plantas cresceram nos recipientes com 50, 120 e 200 cm 3 de substrato, respectivamente. A estabilidade ao manuseio do conjunto muda- substrato varia com o tamanho do recipiente, sendo maior nos tubetes com 50 e 120 cm 3 de substrato, e a redução parcial da granulometria, pela mistura granulométrica, aumentou a aderência das partículas com as raízes e, portanto, a estabilidade do conjunto. pt_BR
dc.description.abstract The objectives of this research are the evaluation of substrate volume and granulometer influence - used in production of coffee seedlings in plastic tubes - on coffee plants growth, the time of seedlings development and also seedling-substrate handling stability. The investigation was carried out in a nursery at Coffee Experimental Center of IAC, SP, Brazil, with the cultivar Catuaí Vermelho IAC 144 (Coffea arabica L.). Nine treatments were tested with 4 replicates and the experimental design used was randomized blocks with 3x3 factorial composed by 3 substrate volumes (50, 120 and 200 cm 3 ) and 3 granulometer substrate levels obtained by the following granulometer compositions: 100% of substrate on original granulometer, 100% of crushed substrate and the mix, in volume, of 50% of substrate on original granulometer and 50% of crushed substrate. The substrate volume and granulometer influence on coffee seedlings growth was evaluated by determination of growth parameters of shoot and root as: number of leaves, seedling height, stem diameter, root and shoot dry matter, total leaf area, average leaf area, first leaf area, root length and surface. In addition to these parameters, the time of seedlings development and seedling-substrate handling stability were also investigated. The seedlings growth depend on substrate volume and granulometer, being higher when 200 cm 3 of substrate volume are used keeping an equal proportion of the different substrate granulometers (original and crushed). The time of seedlings growth did show a correlation with the substrate volume demanding 134, 124 and 81 days for developing the 4 th leaf pair when the plants developed in 50, 120 and 200 cm 3 of substrate, respectivelly. The seedling-substrate handling stability differs with recipient size, while the granulometer reduction increases the seedling-substrate stability. pt_BR
dc.format 59 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject Granulometria pt_BR
dc.subject Mudas pt_BR
dc.subject Substrato de cuItura pt_BR
dc.subject Viveiros pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Sementes e mudas pt_BR
dc.title Volume e granulometria do substrato na formação de mudas de café pt_BR
dc.title Substrative volume and granulometer in coffee seedlings production pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Tavares Junior, Julio Eduardo.pdf 827.8Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account