SBICafé
Biblioteca do Café

CARACTERÍSTICAS E TEORES DE MACRONUTRIENTES DE DOIS SOLOS APÓS UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DE BENEFICIAMENTO DO GRANITO COMO FERTILIZANTE NATURAL PARA O CRESCIMENTO INICIAL DO CAFÉ CONILON

Show simple item record

dc.contributor.author Guarçoni, André en_US
dc.contributor.author Fanton, Cesár José en_US
dc.contributor.author Alvarez, Victor Hugo en_US
dc.contributor.author Zangrande, Moema Bachour en_US
dc.contributor.other Embrapa - Café pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:50:43Z
dc.date.available 2015-01-14T13:50:43Z
dc.date.issued 2009 pt_BR
dc.identifier.citation Guarçoni, André; Fanton, Cesár José; Alvarez, Victor Hugo; Zangrande, Moema Bachour. Características e teores de macronutrientes de dois solos após utilização do resíduo de beneficiamento do granito como fertilizante natural para o crescimento inicial do café Conilon. In: Simpósio de Pesquisa dos cafés do Brasil (6. : 2009 : Vitória, ES). Anais Brasília, D.F: Embrapa - Café, 2011 (1 CD-ROM), 6p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/2905
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (6. : 2009 : Vitória, ES). Anais Brasília, D.F: Embrapa - Café, 2011 pt_BR
dc.description.abstract O resíduo de beneficiamento do granito é considerado um contaminante do ambiente. Sua utilização na agricultura tem sido testada, com alguns resultados satisfatórios. Entretanto, a real disponibilização de nutrientes pelo resíduo precisa ser melhor caracterizada. Objetivando avaliar a utilização do resíduo de beneficiamento do granito, como fertilizante natural, determinando a faixa de pH do solo que promovesse maior solubilização do resíduo e que, ao mesmo tempo, mantivesse teores adequados de macronutrientes no solo, foi montado um experimento, em casa de vegetação, utilizando dois solos (argiloso e arenoso), seis doses de resíduo de beneficiamento do granito e dois níveis de calagem. Após incubação do solo, plantio e colheita de café conilon, foram determinados pH, Al3+, matéria orgânica, fósforo remanescente e teores de macronutrientes no solo. A partir dos resultados pôde-se concluir que: A aplicação do resíduo de beneficiamento do granito elevou, de forma linear, o pH e o teor de Ca2+ e reduziu o teor de Al3+ do solo, mas em pequena magnitude; O resíduo de beneficiamento do granito foi capaz de fornecer maior quantidade de K em solo argiloso, quando comparado ao solo arenoso; O pH do solo deve ser baixo o suficiente para que ocorra a solubilização do resíduo de beneficiamento do granito, mas, em contrapartida, deve ser alto o suficiente para que não ocorra lixiviação excessiva do K liberado pelo resíduo. Nos dois solos estudados, esse valor de pH correspondeu a 5,0; Considerando o valor de pH mais adequado, a dose de resíduo de beneficiamento do granito que proporcionou o maior teor de K no solo argiloso foi de 18,7 t/ha. Já no solo arenoso, esta dose foi de 28,5 t/ha de resíduo. pt_BR
dc.description.abstract The granite processing waste is considered an environmental contaminant. Agricultural use of such material has been tested with some satisfactory results. However, the real waste nutrient liberation need to be better characterized. Aiming to evaluate the granite processing waste as natural fertilizing, determining the pH soil range which would induce a greater residue solubility and also would kept an adequate contents of soil macronutrients, an experiment was conducted under greenhouse condition. Two soil types (clayey and sandy soil), six granite processing waste doses and two liming levels were applied. After soil incubations and coffee plants growth and harvesting, pH, Al3+, organic matter, remaining P and soils macronutrients contents were determined. The granite processing waste application induced a linearly increase on both pH and Ca2+ soil contents, and weakly reduces the Al3+ contents. Granite processing waste is able to supply a greater K amount in clayey soil than in sandy ones. Soil pH must be sufficiently low to solubilizing granite processing waste but, on the other hand, it must be high enough so that K extreme leaching does not occur. In two studied soils, such pH value corresponded the 5.0. Considering the more adjusted pH value, the granite processing waste dose that provided the higher K content was 18.7 ton per hectare in the clayey soil and 28.5 ton per hectare in the sandy soil. pt_BR
dc.description.sponsorship Embrapa - Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject pH do solo, solubilização, disponibilidade, K, Ca. pt_BR
dc.subject Soil pH, liberation, availability, K, Ca. pt_BR
dc.title CARACTERÍSTICAS E TEORES DE MACRONUTRIENTES DE DOIS SOLOS APÓS UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DE BENEFICIAMENTO DO GRANITO COMO FERTILIZANTE NATURAL PARA O CRESCIMENTO INICIAL DO CAFÉ CONILON pt_BR
dc.title.alternative TWO SOIL CHARACTERISTICS AND MACRONUTRIENT CONTENTS AFTER THE USE OF GRANITE PROCESSING WASTE AS NATURAL FERTILIZING FOR THE INITIAL GROWTH OF CONILON COFFEE PLANTS pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
63.pdf 75.71Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account