SBICafé
Biblioteca do Café

ALTERAÇÕES EM ATRIBUTOS QUÍMICOS DE UM LATOSSOLO PROPORCIONADOS PELA ADOÇÃO DE DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DE PLANTAS INVASORAS EM UMA LAVOURA CAFEEIRA

Show simple item record

dc.contributor.author Araújo-Junior, Cezar Francisco en_US
dc.contributor.author Guimarães, Paulo Tácito Gontijo en_US
dc.contributor.author Dias Junior, Moacir de Souza en_US
dc.contributor.author Alcantâra, Elifas Nunes de en_US
dc.contributor.author Oliveira, Geraldo Cesar de en_US
dc.contributor.other Embrapa - Café pt_BR
dc.date.accessioned 2015-01-14T13:50:05Z
dc.date.available 2015-01-14T13:50:05Z
dc.date.issued 2009 pt_BR
dc.identifier.citation Araújo-Junior, Cezar Francisco; Guimarães, Paulo Tácito Gontijo; Dias Junior, Moacir de Souza; Alcantâra, Elifas Nunes de; Oliveira, Geraldo Cesar de. Alterações em atributos químicos de um latossolo proporcionados pela adoção de diferentes sistemas de manejo de plantas invasoras em uma lavoura cafeeira. In: Simpósio de Pesquisa dos cafés do Brasil (6. : 2009 : Vitória, ES). Anais Brasília, D.F: Embrapa - Café, 2011 (1 CD-ROM), 6p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/2635
dc.description Trabalho apresentado no Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil (6. : 2009 : Vitória, ES). Anais Brasília, D.F: Embrapa - Café, 2011 pt_BR
dc.description.abstract O controle de plantas invasoras é uma das práticas de manejo mais intensivas na condução de lavouras cafeeiras. Devido a isso, buscou-se com este trabalho correlacionar os efeitos dos diferentes sistemas de manejo de plantas invasoras em uma lavoura cafeeira com a dinâmica do carbono orgânico e alterações em atributos físico- químicos de um Latossolo Vermelho distroférrico cultivado com cafeeiros. A área experimental localiza-se na Fazenda da Epamig (Latitude 20°55’ e Longitude 46°59’), São Sebastião do Paraíso, MG. O experimento foi instalado em blocos casualizados (DBC) com três repetições. Os manejos de plantas invasoras avaliados foram: a) Sem capina (SC); b) Capina manual (CM); c) Herbicida de pós-emergência (HPOS); d) Roçadora (RÇ); e) Enxada rotativa (ER); f) Grade (GR); g) Herbicida de pré-emergência (HPRE). Cada sistema de manejo de plantas invasoras vem sendo realizado há 32 anos em três ruas com 36 metros de comprimento cada. Os manejos escolhidos para serem avaliados apresentam características contrastantes variando desde métodos manuais até capinas químicas e mecânicas. A amostragem foi realizada no centro das entrelinhas dos cafeeiros em cinco amostras simples por parcela que perfizeram uma amostra composta. Também foi realizada amostragem retirando-se quinze amostras por profundidade em uma área de mata nativa (MN) adjacente a área do experimento. Os resultados permitiram observar que os diferentes sistemas de manejo de plantas invasoras alteraram os teores de carbono orgânico e CTC efetiva do solo nas profundidades de 0–3, 10–13 e 25–28 cm. Em todas as profundidades observadas os maiores teores de carbono orgânico e CTC efetiva do solo foram observados para o solo manejado sem capina. Por outro lado, os menores teores de carbono orgânico e CTC efetiva foram observados para o solo manejado com herbicida de pré-emergência. pt_BR
dc.description.abstract The weed control is one of the most intensive management practices in coffee crops. Due to that, this work to correlate the effects of the different weed systems in a coffee plantation with the dynamics of the organic carbon and alterations in physical-chemical attributes of a Dystroferric Red Latosol (Oxisol) cultivated with coffee plants. This study was carried out in the experimental area is located in Epamig Farm in the São Sebastião do Paraíso County, Minas Gerais State (Latitude 20°55' and Longitude 46°59 '),. The experiment was installed in randomized blocks (DBC) with three replications. The management of the weed plants in the inter rows assessments were: a) no weed control (SC); b) Hand hoeing (CM); c) post emergence herbicide (HPOS); d) Mechanized mower (RÇ); e) rotary tiller (ER); f) coffee tandem disc harrow (GR); g) pre emergence herbicide (HPRE). Each system of weed system has been accomplished during 32 years in plots with 36 meters in length each. The managements chosen for us to be appraised present contrasting characteristics varying from manual methods to chemical and mechanical weeds. The sampling were taken in the center of the inter rows of the coffee plants in five simple samples for portion that a composed sample being this correspondent for the chemical characterization of the soil. The results showed that the different weed management systems altered the tenors of organic carbon and effective cations exchange capacity of the soil in the depths of 0–3, 10–13 and 25–28 cm. In all of the observed depths the largest tenors of organic carbon and effective cations exchange capacity of the soil were observed for the soil handled without weeding. On the other hand, the smallest tenors of organic carbon and effective cations exchange capacity were observed for the soil managed with pre emergence herbicide. pt_BR
dc.description.sponsorship Embrapa - Café pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.subject matéria orgânica; capacidade de troca de cátions efetiva; pt_BR
dc.subject organic matter; effective cations exchange capacity. pt_BR
dc.title ALTERAÇÕES EM ATRIBUTOS QUÍMICOS DE UM LATOSSOLO PROPORCIONADOS PELA ADOÇÃO DE DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DE PLANTAS INVASORAS EM UMA LAVOURA CAFEEIRA pt_BR
dc.title.alternative ALTERATIONS IN ATTRIBUTES OF A LATOSOL (OXISOL) PROVIDED BY THE ADOPTION OF DIFFERENT WEED MANAGEMENT SYSTEMS IN A COFFEE CROP pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
291.pdf 95.43Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account