SBICafé
Biblioteca do Café

Alterações bioquímicas de plantas e morfológicas de gemas de cafeeiro associadas a eventos do florescimento em resposta a elementos meteorológicos

Show simple item record

dc.contributor.author Nascimento, Marilza Neves do
dc.contributor.author Alves, José Donizeti
dc.contributor.author Soares, Ângela Maria
dc.contributor.author Castro, Evaristo Mauro de
dc.contributor.author Magalhães, Marcelo Murad
dc.contributor.author Alvarenga, Amauri Alves de
dc.contributor.author Silva, Guilherme Henrique
dc.date.accessioned 2018-12-05T11:01:20Z
dc.date.available 2018-12-05T11:01:20Z
dc.date.issued 2008-08
dc.identifier.citation NASCIMENTO, M. N. et al. Alterações bioquímicas de plantas e morfológicas de gemas de cafeeiro associadas a eventos do florescimento em resposta a elementos meteorológicos. Ciência Rural, Santa Maria, v.38, n.5, p.1300-1307, ago. 2008. pt_BR
dc.identifier.issn 1678-4596
dc.identifier.uri http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000500015 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/10577
dc.description.abstract O florescimento do cafeeiro envolve diversos fatores, tanto da planta como do ambiente. A compreensão das interações entre esses fatores pode contribuir para o desenvolvimento de práticas de manejo mais dequadas, principalmente em relação à irrigação. Tais práticas podem vir a promover uma uniformização da floração, conseqüentemente uniformização da maturação dos frutos, minimizando os custos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar alterações morfológicas de gemas, síntese de prolina e de ácido abscísico em plantas de cafeeiros em resposta a elementos meteorológicos, visando assim contribuir para o conhecimento de fatores que influenciam a uniformização da floração. Foram feitas análises, por meio de técnicas de microscopia eletrônica de varredura, em gemas de ramos plagiotrópicos de primeira ordem, coletadas semanalmente durante o período de novembro/04 a fevereiro/05. No período de julho a setembro de 2005, foram realizadas avaliações em plantas irrigadas e não-irrigadas, de potencial hídrico foliar antes do amanhecer e teor de prolina, em folhas totalmente expandidas, posicionadas em ramos do terço superior da copa. Foi também avaliado o teor de ácido abscísico na seiva do xilema e nas gemas florais. Os resultados mostram modificações na estrutura das gemas associadas a um período de déficit hídrico seguido de precipitação e, conseqüentemente, de menor amplitude térmica. Em relação ao potencial hídrico, há diferenças entre os tratamentos irrigado e não-irrigado e foram observados valores entre -0,3 e -0,8MPa e –0,6 e –1,5MPa respectivamente. Os maiores valores de teores de prolina e de ABA correspondem a períodos de menor oferta de precipitação, entretanto, não há uma relação direta entre a síntese destes compostos e as fases do florescimento avaliadas. pt_BR
dc.description.abstract Flowering on coffee plants involves several aspects from the plant as well as from the environment. Understanding I these interactions can enhance the knowledge and promote better handling of the crop in field, mainly related to irrigation to promote synchronized flowering and consequently the uniform fruit maturation, lowering the production costs. The aim of the present study was to evaluate bud morphology, proline and abscisic acic biosynthesis on coffee plants under different environmental conditions in order to contribute to the knowledge in factors that influence flowering synchronization. Scanning electron microscopic was performed on buds of plagiotropic shoots weekly collected from November/04 to February/05. Predawn water potential and proline content analysis were carried out from July to September/05 using complete superior third expanded leaves from plagiotropic shoots of non and irrigated plants. Abcisic acid content was also evaluated in xylem sap and on flower buds. The results show alterations on bud morphology associated to the period of water deficit followed by precipitation and also, consequently, lower thermic amplitude. Regarding to the water potential, differences could be observed in the treatments having -0.3 and 0.8MPa for irrigated and -0.6 and -1.5MPa for non-irrigated plants. The highest proline and abcisic acid content are related to dryer period, however there is no direct relationship between these biosynthesis compounds and the different flowering stages evaluated. pt_BR
dc.format pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Rural;v.38, n.5, p.1300-1307, 2008
dc.rights Open Access pt_BR
dc.subject Morfologia de gema pt_BR
dc.subject Ácido abscísico pt_BR
dc.subject Prolina pt_BR
dc.subject Estresse hídrico pt_BR
dc.subject Indução floral pt_BR
dc.subject Floração uniforme pt_BR
dc.subject.classification Cafeicultura::Agroclimatologia e fisiologia pt_BR
dc.title Alterações bioquímicas de plantas e morfológicas de gemas de cafeeiro associadas a eventos do florescimento em resposta a elementos meteorológicos pt_BR
dc.title Biochemical alterations of plants and bud morphology of coffee tree associated to events on flowering in response to meteorological elements pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciencia Rural_v38_n5_p1300-1307_2008.pdf 2.396Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre o SBICafé

Browse

My Account